rmhpelomundo

Just another WordPress.com site

USA- Road-Trip

USA- Road-Trip

enquanto as ferias nao chegam…

enquanto as ferias nao chegam...

Caos total parte III, cerveja, chocolate = Bruxelas

Chegando na capital da uniao europeia as 10am, tempo meio feio, chuvinha chata..mas com 10C.
Encontrei facilmente o trabalho da minha prima para pegar a chave da sua casa, entro toda feliz! pego a chave, mas antes disso: abro minha bolsa.
oi? carteira? caaaaaarteira? carteira?
mas que brincadeira mais chata, cade voce carteira? oi?oi?

sensação: fezes escorrendo sobre a face.
reação: diz que o chip que está dentro do meu celular é o do Brasil! assim pelo menos eu consigo ligar e gritar:MAMAE! SOOOCORRO!

Bom, o chip realmente era o do Brasil.
resultado: todos os cartões de credito perdido e o dinheiro já sacado para ficar em Bruxelas.
Enfim, felizmente minha familia foi bem eficiente e as 2pm já estava tudo resolvido. Consegui sacar dinheiro em uma casa de cambio. Contudo a sensação de ter seus cartões de credito

Sergio chegou, abraço forte de reencontro, disparo de novidades. que saudade!
Sair para andar, fiquei maravilhada com a praça central, comi meu primeiro waflle e fomos a um bar bem famoso aqui.
Tal bar tem simplesmente mais de 1500cervejas. Há cervejas de cereja, chocolate, com 13% de álcool, cerveja de todo tipo..
Experimentei 3 cervejas normais( não dessas de manga ou de banana) todas eram boas, na verdade acho que eu não tenho lá um grande talento para ser degustadora de cerveja.

Cervejas do Brasil. PS: oque é cerveja samba do brazil?

No dia seguinte fomos caminhar e ver o manneken-pis, que decpeção.
Primeiro, ele é muito pequenininho e fica em uma esquina totalmente sem graça.
Segundo, os belgas vestem ele ( como se fosse uma boneca) cada dia de um jeito.
Depois fomos ver a mulherzinha dele ( é uma menininha fazendo xixi) é bem mais legal, afinal eu já vi varias estatuas de meninhos fazendo xixi, mas menininhas? Tudo bem que me lembrou o TUSCA ( é uma festa universitária gigantesca que ocorre em São Carlos) [ e devido ao excesso de álcool muita gente faz xixi na rua].

O atomium era oque eu estava mais esperando para ver, e realmente, eu acho super legal a estrutura. Mas de modo geral, a cidade toda é uma graça, cheia de lojas de chocolate que eu não conseguia parar de entrar para ver se tinha degustação free.

 

Agora, mas uma vez meu ônibus é as 7am. Vamos lá, meu despertador já se configura quase sozinho para as 4am.

“Come into my brain” Salvador Dali

Viajar sozinha as vezes pode ser meio entediante, contudo quem tem boca vai a roma..E quem sabe sorrir faz amigos.
Contudo, há um outro lado de estar sozinha em lugares completamente fora do seu circulo que eu gosto muito, é o lado de sair andando, sem hora para voltar ou um roteiro formado. Afinal, voce nao precisa dar satisfação a ninguem.
Digo, se eu escolhi passar 30mim no museu do Prado, e 2 horas na exposição do Dali. problema meu..
Se eu escolhi comprar 3 lanches do macdonals e esquentar um deles no aquecedor do quarto de manha. problema meu..
Se eu escolhi dormir no aeroporto para economizar uma noite de hostel.problema meu..
Se eu quero sentar na grama  e ficar lá simplesmente pensando  ” como berlin é linda”.problema meu..

Enfim, hoje foi um daqueles dias surrealmente BONS.
Acordei, tomei banho e comi como uma rainha no cafe da manha do hostel..
sai para caminhar com um amigo argentino meu, fomos ao muro de novo e depois há lugares mais alternativos de Berlin. Depois, resolvi sair sozinha.
Fui ao Pergamonmuseum, SE UM DIA VOCE VIER A BERLIN, VÁ NESSE MUSEU!
Nunca fiquei tão impressionada com alguma exposicao como com está..( para ser bem sincera, sequer sou MUITO fã de museu, mas esse vale apena..) Em suma ele tem “restos” da babilonia, mesopotâmia em geral e uma colecao istamica. Contudo, oque impressiona é o tamanho das coisas.

Eles realmente tem o portao da babilonia lá dentro. Imagine: 6 metros de altura.

 



Depois fui ver uma exposiçao do Salvador Dali. Nossa, fiquei simplesmente boquiaberta. passei 2,5horas na exposição sem notar a passagem do tempo..
Cada desenho, cada quadro..para mim era uma ideia diferente. Se o objetivo da arte é fazer pensar, refletir, tocar, engrandecer.. parabéns Dali.

O surrealismo na veia exposta.
vou até colocar a minha obra favorita aqui,  na verdade nao consegui encontrar minha favorita mesmo no google =(

Depois continuei caminhando pela cidade, afinal o dia estava lindo..
até que meu pé tava doendo e voltei para o Hostel.

Berlin

Berlin, A grande Berlin

Se há alguem que não gosta de Berlin, procure um medico.
Cidade grande, cheia de historia, impotente e ao mesmo tempo cheia de alternativas.
Meu primeiro dia em Berlin foi como o primeiro dia em quase todas as cidades, fui fazer o tal do free tour. Minha teoria é a seguinte:
Se há alguém que quer sair caminhando pela cidade e ainda me explicando de graça, eu tenho que ir, digo, seria quase um insulto a minha inteligência ir andando sozinha. Afinal, eu não sou lá um enciclopédia para não precisar de ajuda.

Bom, e o segundo ponto positivo é que quando esta sozinha o free tour é sempre um lugar para se fazer amizade. Cheguei e conheci uma australiana, Kate, super legal..
Depois chegaram duas brasileiras, super legais também..Só que com o seguinte detalhe:
Estávamos nos 4 ( Kate, Eu e as duas brasileiras) paradas esperando, quando passa um homem surrealmente bonito, obviamente kate comenta comigo. AI
Uma das brasileiras pergunta “ por que vocês gostam de homem?”
resposta: “ que?”
“é, por que vocês gostam de homem? Eu não consigo entender isso..”
resposta: “ que?”
“é, eu acho que vocês deviam pensar nisso”

Resposta: “ nisso oque?”
“ ué, nas razoes de por que você gosta de homem”
resposta: “ que?”
“ Nós ( a brasileira falando sobre a outra brasileira) somos um casal muito feliz”
resposta: “ que bom”
“Então, você também não acha que não faz sentindo gostar de homens?”
resposta ( estava ficando meio tensa nessa hora..): “então, eu acho que faz sentido gostar de homem, mas cada um sabe oque é bom para si né”
“ Mas você já beijou uma mulher? “
resposta: não
“então é muito bom”
resposta: CRI CRI CRI então, vou ali ver se o free tour já vai sair..já volto.
só lamento, apesar de adorar meus amigos gays, ninguém merece  alguém tentando te convencer a virar gay no meio de Berlin.

Bom, depois desse episodio..
saímos caminhando, Berlin é realmente linda. Vimos a universidade do Eisten e de outros bombadões da ciência. 100metros depois chegamos na ilha dos museus, como estava um dia de sol..sentamos no gramado para ouvir os relatos da historia maluca alemã.

Uma coisa notável em Berlin é que não ha intenção nenhuma de esconder os fatos horríveis da historia, eles apenas mostram e empregam na sua cara todas as atrocidades. Na minha opinião é algo bem nobre de se fazer, afinal a finalidade de conhecer é aprender, logo é quase uma prevenção de futuras  atrocidades.  Digo, os Ingleses fizeram coisas estupidamente ruins também ( eles até tinham campos de concentração) contudo eles não expõem “ atrocidades inglesas na áfrica” da mesma forma que os alemãs, na verdade eu nunca vi nenhum memorial inglês referindo-se a algo assim.. ( mas espero estar enganada)

Já que estamos no clima de falar de atrocidades, vamos falar do campo de concentração.
O clima ao andar pelo campo obviamente é horrível, as salas são recheadas de fotos e relatos o que torna a visita mais vivida. Andar pelas acomodações, o banheiro, o lavatório..dá arrepio ( você realmente não quer ficar ali..)
Em cada tri-cama dormiam cerca de 6-9pessoas ( ou seja 2 ou 3 em cada cama) e eles tinham 30minutos para usar o banheiro, lavar-se e estar em pé na praça central. Logo, era comum morrer atropelado na hora de acordar.

Também contaram que os prisioneiros apenas não se matavam por amor aos amigos, afinal a vida já era ruim o suficiente para todos. Poderia passar algumas horas escrevendo aqui, mas em suma: você percebe o quanto poderoso e horrendo foi.

No dia seguinte foi a Potsdam, que cidade linda.
é uma cidade a 30mim de Berlin com os palácios do reinado antes da unificação alemã. Uma pena não ter um fotografo lá, por que confesso que merecia muito mais do que minha Sony e meu MEGA talento fotográfico.

Hoje é dia de museus e caminhadas, para de noite ir para o aeroporto ( minha casa por um dia..) e amanha as 7am pegar o avião para Bruxellas.

Amsterdam, Amsterdam…

Bom, agora sim..cheguei. Adeus Budapeste!! ( por hora..)
O calor dos 6C° já me deixava feliz, comecei a andar..Minha expectativa quanto a beleza de Amsterdam nao era muito grande,logo, fiquei maravilhada. Andava pelos canais, meio que me perdendo afinal as ruas nao formam retangulos, formam uma especie de hexagono.

No primeiro dia fui ao museu do Van Gogh ( não há como ser ruim..) Para quem nao sabe, eu simplesmente adoro suas obras, logo estava a espera disso desde que cheguei a europa e nao fiquei nem um pouco decepcionada. ( na verdade fiquei com a falta da minha obra favorita :

Essa obra nao está lá..MAS, o museu é todo trabalhado no glamour, logo vale muito apena.
Depois fui caminhar, só que era dia de uma final de futebol,  Manchesterx ALGUEM, logo a cidade estava LOTADA ( por que o jogo realmente ocorreu em Amsterdam).  Foi nesse minuto que descobri que tenho uma cara muito latina, ia passando na frente dos bares só escutava ” ARGENTINA? BRAZIL? URUUUUUGUAI? COOOSTA RICA?”
Pelo visto não é apenas o sonho de consumo de todo grupo de amigos brasileiros irem juntos para Amsterdam, afinal parecia que a cidade só tinha homens. Depois disso, resolvi voltar para meu hostel, mas acabei conhecendo uma australiana e um casal de irmaos franceses ( que por milagre falavam ingles..) e indo ver o jogo em um bar.

No dia seguinte minha Irma chegou, fomos andar pela cidade..
alias, não é permitido tirar fotos das “trabalhadoras do sexo” ou das prostitutas. Caso elas percebam que voce tirou, saem da casinha pegam sua camera quebram e depois ainda são capazes de te dar um surra.
Alias, falando nisso..
gosto é realmente algo que não se discute. Há gente que gosta de senhoras magrinhas, senhoras gordinhas, mulheres muito magras, mulheres muito muito gordas, mulheres completamente tatuadas, mulheres fantasiadas de batman, mulheres fantasiadas de empregada, mulheres fantasiadas de ovelha. Enfim, e o negocio maluco..é que voce fica vendo homens, em plena 14hra entrando e saindo.

Ah, esqueci de contar..
no dia do jogo a cidade estava lotada de policiais tambem, detalhe policias a cavalo..
E detalhe, eles galopam pela cidade. Chega a ser cômico, voce andando do nada passa um policial correndo a cavalo, detalhe que os cavalos são muito bem cuidados.

A venda da maconha “legalmente” é obviamente algo esquisito, mas faz menos diferença do que eu pensei. Na balada a unica coisa mais maluca é ver quem usou drogas mais pesadas ( voce ve cada figura..) Todavia, há MUITOS coffes shops e varios tipos de maconha e etc..
Durante um free tour o guia me explicou que nos anos 70 Amsterdam era muito perigoso e que depois com a legalização das drogas leves ouve uma separação dos usuários de heronia, cocaina e etc..dos de maconha. Oque diminuiu o trafico e tornou a cidade mais segura. O mesmo guia tambem contava a historia da Holanda por uma visao mais realista, digo por trás de quase tudo há uma razão ou beneficio economico. money money money money.

Tirando o atraso, Zagreb

Bom, para quem nao sabe, Zagreb fica na Croacia ( eu não sabia até começar a pesquisar lugares proximos de Budapeste para conhecer…)

Todavia o Turismo na Croacia é bom no verão. ( agora eu entendo por que..) Há belas praias e muita festa no litoral, fica lotado de europeus. Entretanto, no inverno ( especialmente em um final de semana de nevasca não é bem assim..) Sorte que com um grupo de brasileiros é facil se divertir, então foi otimo. voltei mais uma vez com a barriga doendo de dar risada para casa..

O problema foi a neve, andar com 30cm de neve e uma mala de rodinha não é nada agradavel. Alias, cheguei a conclusao que queria uma mochila gigante. Enfim, mas essas dicas vou deixar para meu ultimo post.

Pegamos o trem em budapest, oque foi super legal por que eu ainda nao tinha viajado de trem dessa vez ( sem duvida para dentro da europa é um dos meus  meios de transporte favoritos)
Chegamos na nevasca já, fomos até nosso hostel ( detalhe que nosso caminho foi cheio de trans errados..) Depois disso, fomos caminhar..
no centro da cidade estava tendo uma exposição de chocolate, entramos na maior expectativa de encher a barriga mas nao tinha nada de graça.. =( continuamos andando, a cidade estava linda, toda branca.

De noite mais brasileiros chegaram e fomos para uma  balada, MEU DEUS! festa estranha com gente esquisita.
Quando entramos a musica estava otima, só que em 5mim o DJ mudou e entrou um que tocava um flash-back misturado com musica eletronica, contudo muito ruim.
A galera era super alternativa para agente, dançando mega esquisito. enfim, aguentamos ate as 4am e fomos embora de taxi.

No dia seguinte, caminhamos mais e mais e mais..um frio do capeta, pé molhado por causa da neve..
Chega uma hora que voce simplesmente nao sente mais o pé ( mas voce fica feliz nessa hora, afinal a dor passou..)
De noite fomos  na tentativa numero dois de balada, dessa  vez foi melhor..mas confesso que achei meio esquisito. Todavia, estavamos em um grupo grande, logo, foi muito bom! Voltamos de taxi novamente. ( afinal, com 1 euro valendo 7 moedas croatas..nos eramos o grito da riqueza)

Ah, esqueci de contar..
resolvemos ir no museu dos rompimentos amorosos, sim museo do termino. ( risos)
Enfim, há muitas historias..muitas muito tristes outras engracadas. Valeu apena, foi no minimo diferente.

Domingo, acordamos…
vamos caminhar com as malas? vamos! então tá,
coloque sua mala em cima da cabeça, isso, em cima da cabeça..
agora ande levantando bem o pé ( se nao vai congelar de novo…)
ah, o vento tá na sua cara? ta engolindo neve?   não reclama e cuidado que a mala vai cair..
nao tá gostando? quer ir para um mac esperar a hora do trem? SSSSSSSSSSSIM!
bom, então…

cheguei no mac, tirei o sapato..comprei um sorvete e fofoquei, a tarde inteira.
apesar de nao ter visto a ultima igreja, EU AINDA TENHO MEUS PÉS!
é, croacia..me espero no verão. Vamos ver se voce é mais legal comigo em julho….

nostalgia no aeroporto

Saudade de Budapeste, Saudade de Sao Carlos…ooooo confusao. quanta saudade.

E em um piscar de olhos me encontro na mesma situação de dois meses atras..sentada no aeroporto esperando para comecar outra “viagem”
Sem duvida, as memorias construídas foram incríveis. Minha unica reclamação é que passou muito rapido, e talvez do frio de um ou dois dias que foi invernal.
Algo que pensei muito nesse tempo, é como a situação favorece ou desfavorece algo. Por exemplo, intimidade.  Cheguei sozinha, fui para Bratislava sem conhecer direito quase ninguem, no fim..já estava fazendo brincadeiras que só faria com amigos de verdade.
O tempo passou, a indentidade cresce, o carinho aumenta.. e quando voce ve: aquelas pessoas que voce nao conhecia direito viraram pessoas importantes. Quando você ve, aquele maluco de minas gerais, a maldita de recife, o japonês preto ou a menina que parece um feijãozinho  já fazem comentários dignos de quem realmente te conhece.
O mais louco de tudo, é a questao que nesse caso os momentos divididos, por si só já ficam na memoria, mas o contexto eleva. Afinal, quando eu ia me imaginar em um trem indo para Zagreb? ou andando no em um Palacio em Viena?
Ao mesmo tempo, os problemas sao os mesmos e geralmente as alegrias tambem, afinal ficar feliz em comer feijao ( não é a coisa mais cotidiana do mundo..)

Simultaneamente a tudo isso,
estando longe, é facil perceber o quanto as pessoas que ficam sao importantes. O quanto voce lembra delas, o quanto voce queria suas amigas em determinado pub ou sua mae em determinado museu, sua irma andando com voce pela cidade..ou dar um abraço de parabens ou simplesmente estar ali do lado, fazendo nada.
A mistura do novo, que é muito bom, e do que ficou, que tambem é muito bom. No fundo, é confortante.
é aquela coisa, muito obrigada para todos, os que ficaram e os que estão aqui. ( quer dizer..estavam aqui)

Nevasca, cuzcuz, e naninha muita naninha…

Bom, o tão esperado final de semana na nevasca chegou. E não decpecionou sequer os pessimistas, realmente houve 30cm de neve, na verdade ainda está nevando.
O mundo ficou realmente lindo, crianças brincando na rua e tudo mais.. Contudo, a neve trás um caos para o mundo, é difícil de andar, você não pode correr para pegar seu trem se não escorrega e cai ( acredite, eu tentei varias vezes e não obtive sucesso e nenhuma delas.)

sexta feira ainda nos aventuramos de ir em uma balada aqui, na verdade foi super legal. O difícil foi voltar para casa só, chegamos o metro ainda não estava aberto na procura de um lugar aquecido para ficar entramos em uma cabine telefona ( sem sucesso) tentativa 2: caixa eletrônico de um banco ( sucesso total..) acabamos tirando uma naninha dentro do caixa eletrônico e sendo acordadas com um alarme muito louco que segundo a outra menina que também estava lá, é para não ficar gente dormindo lá dentro…( pelo visto essas idéias de girico não são exclusivas de voluntários brasileiros..)

Mas, brasileiro é brasileiro né. Bem no fundo acredito que não há uma nação tão de bem com a vida como a nossa. As meninas vieram passar o final de semana aqui em casa, fizemos uma super compra de supermercado e pronto:
feijão preto, arroz, cuzcuz, cerveja, pão, queijo, presunto, mortadela, chocolate, yogurt granola..e assim vai.
Nunca pensei que ia ficar tão feliz de comer arroz e feijão, mas fiquei viu..confesso que só de sentir o cheiro comecei a sorrir.

Gravei um video para mostrar a variedade de cerveja aqui, na verdade nao escolhi um supermercado muito bom não. Mas como acredito que nao vou me lembrar de fazer isso de novo, fica esse meia boca mesmo:

No fim foi muito bom, descansamos, fofocamos e demos muita risada. Foi meio que nostálgico na verdade.
Saímos de shorts e blusa na neve. Eu entrei em casa correndo, levei um mega tombo, voou cerveja na sala inteira e cortei meu dedo. Mas ta valendo também, faz parte né.

 

Hoje é segunda feira, começo a viajar quinta-feira que vem..
Sabe o mais engraçado? Estou com um aperto no coração gigante de deixar Budapeste, é quase como eu já estivesse com saudades.

é, o inverno resolveu dar as caras…

Juro que pensei que o inverno do leste europeu, era brincadeira.
Mas essa semana, ele deu as caras..comecou em praga. -5, -10, hoje -17..
é aquela coisa, se você ficar com muita frescura não faz nada, mas por enquanto até patinar no gelo eu fui.
Alias, as crianças de 6 anos são 10x melhores que eu..uma delas até tentou me ensinar a andar de costas, mas a única que eu aprendi é colocar sempre a mão na frente ( na hora que estava caindo..) mas no fim, até que me dei bem. E ainda ganhei um chá do instrutor lá, que apesar de fedido e ter um sotaque quase impossível era gente boa.

Depois de alguns desentendimentos com uma professora aqui do meu trabalho minha chefe resolveu que eu merecia uma tarde free, fui passear com a Vietnam, fomos ao museu do Holocausto ( pois é, eu realmente entrei na onda de conhecer a historia da região..) para variar, o museu era super forte, imagens que espero esquecer um dia. Mas como sempre muito interessante.

Foi legal saber, como começou as proibições aos judeus.
Imagina? Você ser caracterizado como um cidadão de segunda classe?
ter horário de permissão para sair de casa, permissão para comprar em apenas lojas especificas, tirarem tudo oque você tem..literalmente tudo, por sua escolha religiosa? Enfim, não vou começar a escrever sobre isso..se não vou longe.

Navegação de Posts